Month: March 2012

Passamos dos 1000 posts

Esta semana chegamos aos 1000 posts publicados neste blog. Nada mal para um blog que funciona principalmente como um deposito de dicas para Linux, Android e Sistemas Embarcados.

Vamos à retrospectiva:

Início do blog: 04/05/2005
Atingimos 500 posts: 03/09/2008
Atingimos 1000 posts: 27/03/2011

A média de acessos diários está acima de 300 visitantes, espero que continue aumentando.

Gostaria de agradecer a todos os visitantes, é muito bom ter vocês aqui!

Notebook com turbina a jato

Não sou fã da Apple principalmente pelo fato dela usar software open-source e contribuir quase nada de volta, mas tenho que admitir que ela é superior aos concorrentes em aspectos, e a qualidade do hardware é uma delas.

Estou dizendo isso pois tenho um Sony Vaio VPCSB18GG que é excelente em muito aspectos: ótimo processador, design e um peso (1.72 kg) quase capaz de rivalizar com o peso do MacBook Air original (1.35 kg), mas tem uma ventoinha que é muito ruidosa. Ela com certeza incomodaria uma pessoa lendo um livro numa biblioteca ou uma pessoa tentando dormir no mesmo quarto.

Infelizmente empresas de nome como Sony, HP, Dell e outras, sempre falham em algum ponto. Talvez porque elas não tenham um Steven Jobs lá dentro, e agora nem mesmo a Apple tem. Quem perde com isso somos nós, consumidores.

Primeiras BIOS em modo grafico

Muitos ainda lembram quando consegui colocar um Linux em modo gráfico direto na BIOS usando o LinuxBIOS (atual coreboot), mas muita gente não lembra ou não conheceu as antigas BIOS da American Megatrends (aka AMI BIOS) em modo gráfico, elas foram as precursoras de tudo:
BIOS

Infelizmente elas não fizeram sucesso na época, a maioria das pessoas continuaram usando as BIOS com interface em modo texto, por serem mais simples e mais rápidas para alterar.

Agora as BIOS UEFI estão vindo com interfaces gráficas muito bonitas, mas não se deixe enganar as BIOS UEFI são software proprietários e são um retrocesso em relação ao Coreboot.

Android cannot work with bluetooth address lower case

I was getting this error message:

03-27 19:19:10.090: E/AndroidRuntime(32761): Caused by: java.lang.IllegalArgumentException: fe:85:ee:7f:e7:6b is not a valid Bluetooth address

This error is trivial, but you could spend much time until discover Android doesn’t accept lower case (fe:85:ee:7f:e7:6b), then your BT address should be FE:85:EE:7F:E7:6B.

Sintetizando audio no Linux com o Buzztard

Antes de explicar como sintetizar audio no Linux devo esclarecer que nunca toquei nenhum instrumento musical, então sou completamente leigo, mas sou muito curioso e sei fazer as coisas acontecerem.

Hoje ao ler o post do meu amigo Marcelo Barros fiquei curioso em saber como eram os som apresentados no post. Como ele não colocou nenhum sample do audio (que preguiça em Marcelo?), então resolvi procurar um software para gerar o audio.

Após alguns segundos pesquisando no console do Linux encontrei o buzztard, que entre outras coisas pode ser usado como um “simples” compositor.

Executei o comando para chamar o editor:

$ buzztard-edit

Então apareceu uma tela com um quadrado chamado “master”, não consegui fazer muita coisa logo de início, mas após 2 minutos lendo o Help do software consegui sintetizar as letras da partitura.

Vamos lá então:

Clique numa área livre da tela e vá em Add Machine -> Generators -> simsyn
você adicionou o componente necessário para sintetizar audio de partituras (score em inglês).

Você pode adiciona-lo diretamente ao componente “master”, mas é melhor adicionar um componente audiodelay entre eles, assim você terá mais controle sobre o intervalo entre as notas musicais:

Clique em Add Machine -> Effects -> audiodelay

Agora está na hora de ligar os componentes:

Segure a tecla Shift clique no componente “simsyn” e arraste um fio até o componente “audiodelay”, faça o mesmo clicando em “audiodelay” e arrastando até “master”

Agora clique na aba “sequence”, você verá que uma sequência chamada “simsyn” foi adicionada automaticamente. Clique nela e pressione 0 quatro vezes, pronto você preencheu a sequencia.

Finalmente clique na aba “patterns” e entre com a sequência desejada, como eu desejo entrar com a sequencia “C4-C4-C4-C4” tenho que pressionar a sequencia: zzzz

Para ouvir o resultado clique no loop (Toggle looping of playback) e em seguida clique no botão Play.