Month: April 2009

Catch 22

Hoje pela primeira vez ouvi a expressão do título deste post.

Não me contento em viver na superfície e sempre que encontro alguma palavra ou frase que poderia até passar batido para a maioria das pessoas eu me sinto instigado a pesquisa a origem e o por quê da mesma.

Para citar um exemplo, recentemente ouvi a expressão “céu de brigadeiro”. No meio de uma frase esta sentença é auto explicativa: “O futuro de fulano será um céu de brigadeiro”, significa algo positivo, talvez um céu bonito com nuvens que talvez lembrem o formato do doce brigadeiro. Mas a origem da expressão não tem nada a ver com esta visão um pouco poética.

Brigadeiro é a patente máxima da aeronautica, assim como general é para o exército. Então quando um militar se torna um brigadeiro, significa que é ele quem dá as ordens, assim como é ele quem decide quando quer voar. E claro, neste caso ele só escolhe voar quando o céu está totalmente azul. Daí a expressão “céu de brigadeiro”.

Voltando ao título do post, “catch 22” refere-se a um livro escrito por Joseph Heller após a II Guerra mundial. No livro Heller cita o “catch 22” como um paradoxo, um dilema, semelhante ao “Toda regra tem exceção, ora, se isto é uma regra, também terá exceção, o que contraria a própria definição da mesma”.

É aquele velho ditado: “Vivendo e blogando” 😉

Advertisements

Microsoft metindo mais uma vez

Está claro como dia: a Microsoft está perdendo terreno, principalmente por causa dos netbooks que em sua maioria estão vindo com Linux.

Mas quem achava que a gigante do software proprietário deixaria isto barato está engado. Não, ela não irá melhorar seus produtos para ganhar mercado, ela tem uma arma mesquinha e mais fácil de usar.

A arma chama-se estatística ou a farsa dos números. Ela conseguiu criar uma estatística que prova que 90% dos netbooks estão vindo com Windows. “Mas como?” Você deve estar se perguntando.

Simples, ela analisou apenas o mercado dos EUA, que representa apenas 20% das vendas dos netbooks no mundo e divulgou a notícia como se fosse verdade para o mercado mundial.

No restante do mundo (80% restante), principalmente Europa, o Linux é de longe o mais usado.

O problema é que o estrago já está feito, milhares de sites já espalharam o boato e agora que a verdade veio a tona, poucos sites corrigiram a farsa.

É Microsoft, seus dias estão contados, cada vez mais estamos vendo ações desesperadas como estas. O império está desmoronando.

Mais info:
http://br-linux.org/2009/numeros-exagerados-dados-sobre-presenca-do-windows-em-netbooks-passam-longe-da-solidez/

http://blogs.computerworld.com/ubuntu_accuses_microsoft_of_linux_netbook_fud

Video Editor for Linux

Really many people are missing a good and easy to use video editor for Linux.
In fact Cinelerra is a professional video editor but its learning curve make novice users away.

Users needs a MS Movie Maker replacement to create simple videos with subtitle or transition text, but doing it on Cinelerra or even using the Blender video editor features is a pain.

Here is a listing of some video editor for Linux:

OpenMovieEditor:
I think this is a great Move Maker replacement. You can add text directly on screen and have many video effects
http://www.openmovieeditor.org/index.html
To install on Debian/Ubuntu: sudo apt-get install openmovieeditor

Avidemux:
This software is good to cutting and converting format, then it is not so useful for our main purpose.
http://avidemux.berlios.de/index.html

Kino:
Just like Avidemux it doesn’t support text edition to do subtitle or text transition.
http://www.kinodv.org

Kdenlive:
Support many effects and appears easy to use. But I can’t find text support.
http://www.kdenlive.org

Pitivi:
This is a great video editor, although it is a recent project it has great features. It doesn’t support text editing for now.
http://www.pitivi.org

Enquanto isso, na Europa… Firefox manda o recado

No final do segundo tempo um torcedor levanta a placa e o Galvão Bueno dispara:

“Eu já sabia!, Tá vendo meus amigos aquele torcedor aí já sabia o resultado!”

Hilário (ki buRo, da zero pra eli)

É isto mesmo pessoal, o título da mensagem não deixa dúvidas, na Europa o Firefox já é mais usado que o IE7, pela primeira vez (“na história daquele continente”, rs) o Firefox ultrapassa a versão mais usada do IE:

http://gs.statcounter.com/#browser_version-eu-weekly-200904-200913

Na estátistica global (literalmente falando 🙂 o Firefox ainda está atrás do Firefox, mas podemos ver claramente (ou não, se seu monitor estiver em modo de baixo consumo) que o IE está caindo e que o Firefox está subindo:

http://gs.statcounter.com/

P.S.: Não, eu não fumei nada. A única droga que já usei na vida, e que tenho até vergonha de assumir, foi o Windows 95/98. 😉