Day: December 5, 2012

A Sony deixa os consumidores a ver navios

Infelizmente as TVs Sony suportam pouquissimos formatos de midia, como pode ser visto aqui:

http://esupport.sony.com/BR/p/support-info.pl?Change_Template=1&session_id=f595137e016cfe4b8ab2a76c5b90369b&mdl=KDL40NX715&info_id=797

É por isso que a maioria dos servidores de DLNA não funcionam nas TVs da Sony, você tem que usar um servidor de DLNA como o PS3 Media Server que faz a conversão para MPEG2 em tempo de execução.

Update: Outra opção é usar o MiniDLNA e converter seus videos para um formato suportado pelas TVs Sony: http://sourceforge.net/projects/minidlna/forums/forum/879956/topic/4644111

Gerando um uImage com a imagem do kernel descompactada

Quando compilamos o kernel do Linux para ARM como o comando “make” ele gera o arquivo Image e zImage, o primeiro é a imagem do kernel descompactada e o segundo é a imagem compactada (pode ser gzip, lzma, lzo, etc). Quando você executa “make uImage” o kernel usa a imagem zImage e adiciona um cabeçalho nela gerando o arquivo uImage.

Este uImage é gravado na memória flash do dispositivo e é carregada com o comando “bootm”. Porém em processadores mais lentos o tempo necessário para descompactar esta imagem é demasiado. Outro problema é que o bootloader precisa carregar a imagem compactada para a memória e descompacta-la em outra área de memória, então se o dispositivo possuir pouca memória usar a imagem compactada pode ser inviável.

A boa notícia é que você pode criar um arquivo uImage com a imagem descompactada (Image) do kernel:

$ mkimage -A arm -O linux -T kernel -C none -a 0x50C08000 -e 0x50C08000 -n 'Linux-2.6.26-ssl' -d kernel/arch/arm/boot/Image uImage

Fonte: http://free-electrons.com/blog/uncompressed-linux-kernel-on-arm/