Mudando o boot padrão do Ubuntu

Você pode mudar a ordem de boot do seu computador (se você tem Linux e Windows instalado) usando os passos descritos abaixo:

Primeiro liste quais opções de boot seu computador tem:

# grep menuentry /boot/grub/grub.cfg
menuentry ‘Ubuntu 11.10 64-bit, 3.0.1 (/dev/sda3)’…
menuentry ‘Ubuntu 11.10 64-bit, 3.0.1 (/dev/sda3) — recovery mode’…
menuentry ‘Ubuntu 11.10 64-bit, 3.0.1.old (/dev/sda3)’…
menuentry ‘Ubuntu 11.10 64-bit, 3.0.1.old (/dev/sda3) — recovery mode’…
menuentry ‘Ubuntu 11.10 64-bit, 3.0.0-13-generic (/dev/sda3)’…
menuentry ‘Ubuntu 11.10 64-bit, 3.0.0-13-generic (/dev/sda3) — recovery mode’…
menuentry ‘Ubuntu 11.10 64-bit, 3.0.0-12-generic (/dev/sda3)’…
menuentry ‘Ubuntu 11.10 64-bit, 3.0.0-12-generic (/dev/sda3) — recovery mode’…
menuentry “Memory test (memtest86+)”…
menuentry “Memory test (memtest86+, serial console 115200)”…
menuentry “Windows 7 (loader) (on /dev/sda1)”…

Se você quiser deixar o Windows como padrão execute:

Usando a posição do sistema na listagem:

$ sudo grub-set-default 11

Ou o modo recomendado:

$ sudo grub-set-default “Windows 7 (loader) (on /dev/sda1)”

3 thoughts on “Mudando o boot padrão do Ubuntu

  1. Sinceramente, eu não gostei nada destas mudanças na configuração do grub feitas no ubuntu. Enquanto entendo que elas automatizam algumas coisas, elas atrapalham também ao fugir da sintaxe simples de um arquivinho só. Nestas horas tenho vontade de voltar pra um sistemas mais “raw”…

  2. Marcelo, esta mudança ocorreu quando o Ubuntu migrou do GRUB para o GRUB2.

    No início é difícil compreender esta mudança, mas com o tempo você acostuma.

    Outras alternativas como o LILO estão perdendo espaço. A última versão do LILO foi lançada há quase um ano:
    https://alioth.debian.org/projects/lilo/

    1. acassis e Marcelo, boa tarde!
      Marcelo, concordo com você sobre os malarismos para um arquivo.
      acassis, gostaria que comentasse sobre outras mudanças. Sou muito fã de Linux, mas os 2 últimos empregos só trabalhei com windows. Com isso, tive muito menos tempo para estudar Linux. (Quase) Tudo que tinha aprendido foi modificado. Por exemplo, como mudar a porta 22 do ssh para uma outra qualquer por questão de segurança. Não entendo porque tantas mudanças. Neste ponto compartilho da opinião do Marcelo Barros que era melhor quando era mais raw. A configuração é feita somente de um jeito e não muda!
      Sucesso para vocês!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s